O que um site para advogados deve oferecer?

O que um site para advogados deve oferecer?

Muitos advogados, apesar de extremamente competentes e responsáveis pelos processos dos quais cuidam, deixam de se preocupar com a prospecção de clientes e com a necessidade de divulgar seu trabalho também na internet.

Mas esse tipo de estratégia de marketing pessoal é fundamental para a manutenção de um fluxo constante (e crescente) de clientes em seu escritório!

Pensando nisso, preparamos uma lista com os principais elementos que um site para advogados deve oferecer! Confira:

Principais informações sobre o escritório

Ao elaborar um site, é imprescindível apresentar ao usuário as principais informações sobre o escritório. Por exemplo, é importante informar quais são as áreas de atuação, como Direito do Trabalho, Direito Tributário ou Direito Empresarial, por exemplo.

Além disso, é necessário fornecer os principais meios de contato com os membros do escritório (endereço, telefone, e-mail, perfis nas redes sociais, etc.), assim, o site serve como um cartão de visitas e possíveis clientes podem entrar em contato para saber mais detalhes sobre o serviço.

Currículo dos principais membros

Outra informação importante que clientes em potencial procuram em um site de escritório é o currículo dos principais membros.

Na área advocatícia, experiência é essencial e altamente valorizada entre os profissionais. Por essa razão, dados profissionais e acadêmicos dos membros enriquecem as informações de seu site e dão mais respaldo à reputação de seus profissionais.

Sendo assim, inclua no currículo de seus associados seu histótico acadêmico, experiências profissionais e áreas de concentração antes de fazer seu upload no site.

Blog e clipping jurídico

Que tal fazer um clipping (semanal ou mensal) com as notícias mais relevantes do mundo jurídico? Muitos clientes se interessam em saber as novidades de decisões do STF e de outros tribunais, assim como informações sobre mudanças legislativas.

Assim, ao fazer um site para advogados, que tal incluir para o internauta a opção de se inscrever para um clipping de informações jurídicas? Essa é uma oportunidade de manter contato direto com seus clientes!  

Artigos e publicações de advogados

Os advogados associados a seu escritório escrevem artigos e resenhas? Então por que não incluí-los em seu site?

Muitas das revistas e jornais que publicam artigos de advogados são eletrônicas, por isso, basta incluir um link para esses endereços no seu site! Seus clientes valorizam esse tipo de atuação profissional, pois demonstra esforços acadêmicos que vão muito além dos limites do fórum e dos tribunais.

Oportunidades de vagas e submissão de currículos pessoais

Quer atrair profissionais de qualidade para seu escritório? Inclua na página um campo de submissão de currículos profissionais. Essa pode ser uma boa estratégia de seleção de novos advogados, estagiários e correspondentes para o escritório.

Formulários cadastrais

Todo site de escritório de advocacia deve conter uma seção na qual os clientes possam se inscrever com seus dados cadastrais, meios de contato preferidos, áreas de interesse e mensagem inicial de contato. Esse tipo de ferramenta cadastral facilita a triagem de novos clientes para que eles sejam atendidos diretamente por advogados especializados no problema ou na dificuldade que eles enfrentam.

Além disso, os dados cadastrais podem  servir como mailing list para envio de newsletters do escritório. Os interessados demonstram, por meio do cadastro, que querem receber mais informações sobre determinada área de atuação ou assunto jurídico e, assim, seu escritório ganha em termos de relacionamento com o mercado.

As newsletters são um meio rápido, econômico e eficiente de se comunicar com seus clientes, com a possibilidade de publicizar artigos e matérias da área do Direito. Essa é uma ótima forma de se apresentar para o mercado com autoridade e relevância no assunto de especialidade do escritório.

Materiais ricos

O site de seu escritório de advocacia também pode contar com materiais ricos, como e-books, guias jurídicos, checklists para empresas e outras importantes ferramentas relacionadas ao mundo da advocacia. Esse tipo de iniciativa permite que escritórios “eduquem e orientem” clientes em perspectiva e também o mercado, em temas relevantes e de sua área de atuação.

Por exemplo, é possível disponibilizar um guia sintético de planejamento tributário para empresas, no caso de uma firma de advogados tributaristas. No contexto do Direito Empresarial, informações relevantes sobre formas de contratação e obrigações trabalhistas são outra maneira de despertar o interesse de seus clientes e ganhar sua confiança.

Cuidado com as diretrizes da OAB para a propaganda de seus serviços!

Um site para advogados precisa estar sempre atento às regras de publicidade da profissão, que são reguladas pela OAB e, caso sejam desrespeitadas, podem ter consequências sérias para sua inscrição junto a esse órgão.

Por exemplo, não é permitido incluir em seu site os valores de honorários cobrados de seus clientes. Essas e outras informações você encontra no Código de Ética e Disciplina da profissão, que pode ser acessado aqui.

O que achou dessas dicas? Pronto para elaborar um site para o seu escritório de advocacia? Ainda tem dúvidas sobre como incluir esses elementos em seu site? Confira nossas outras dicas sobre o assunto e deixe também seu comentário abaixo!

Imagem: Corbis Images